ídolos

Túlio Maravilha

Nascido em Goiânia em 2 de junho de 1969, o filho do seu Mussolini, um fiscal aposentado do estado de Goiás, nunca pôde ser reconhecido pela técnica apurada. Embora tenha sido torcedor do Vila Nova durante toda a infância, Túlio começou a carreira no arqui-rival Goiás. Em 1987, atuando pela categoria juvenil, marcou 22 gols e tornou-se artilheiro do campeonato estadual.

No Botafogo, Túlio atingiu o melhor momento da carreira. Em 1994, foi novamente artilheiro do Brasileiro pelo Botafogo, embora não tenha conseguido impedir a eliminação do time carioca. Já nessa época ele fazia a alegria da torcida com frases de efeito.

Em 1995, Túlio foi um dos destaques do Botafogo na conquista do Campeonato Brasileiro, competição em que foi o artilheiro com 23 gols. O atacante ficou na equipe até 1996 quando se transferiu para o Corinthians. Depois o craque ainda teve duas passagens pelo Glorioso, mas nada comparável com o sucesso de 1995, embora tenha ganho ainda o Rio-São Paulo em 1998.

Nome: Túlio Humberto Pereira Costa
Posição: centroavante
Principais clubes: Goiás (1988 a 1992), Sion-SUI (1992 e 1993), Botafogo (1994 a 1996), Corinthians (1997), Vitória (1997), Botafogo (1998), Fluminense (1999), Cruzeiro (1999), São Caetano (2000), Botafogo (2000), Vila Nova (2001), Brasiliense (2002 e 2003), Volta Redonda (2005), Itumbiara (2008) e Botafogo – DF (2009).
Principais títulos: Campeonato Brasileiro (1995), Taça Cidade Maravilhosa (1996), Tereza Herrera (1996) e Rio-São Paulo (1998).

voltar para ídolos

outros ídolos