notícia

Botafogo 1 x 0 Olimpia

Com show da torcida e golaço de Pimpão, Fogão vence e abre vantagem
Atualizado em 15-02-2017, 23h36

 

 


Deu Fogão de novo no Estádio Nilton Santos! O Botafogo venceu o Olimpia (PAR) nesta quarta-feira, por 1 a 0, com um golaço de Rodrigo Pimpão, e abriu vantagem na terceira fase da Conmebol Libertadores Bridgestone!

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, em Assunção. O Glorioso tem a vantagem do empate e pode até perder por um gol de diferença, desde que marque um ou mais gols, para se classificar para a fase de grupos.

O JOGO

Dia de Estádio de Nilton Santos na Conmebol Libertadores Bridgestone é dia de torcida em peso e de mosaico 3D. Desta vez, o espetáculo foi com um grande escudo do Botafogo e a frase "Minha Vida".

Embalado pela torcida, o Botafogo armou blitz no início. Logo no primeiro minuto, Camilo recebeu pela direita e bateu forte, para fora. Aos 3, Airton invadiu a área e soltou a bomba, o goleiro largou e Roger quase aproveitou o rebote.

Porém, o jogo começou a mudar quando Montillo sentiu dores e teve de ser substituído, para a entrada de João Paulo. O Botafogo alterou o esquema e passou a ter mais dificuldades.

Ainda assim, voltou a ter chances. Aos 24, em falta na entrada da área, Victor Luis parou na barreira. Aos 35, Bruno Silva fez grande jogada, driblou dois e foi travado na finalização.

Se estava difícil, Rodrigo Pimpão apareceu para resolver! Jonas cobrou lateral para a área, Roger brigou no alto e Pimpão acertou uma bela bicicleta para abrir o placar aos 36: Botafogo 1 x 0 Olimpia!

No único lance de perigo do adversário no primeiro tempo, Helton Leite saiu bem e abafou a chegada de Mouche.

O Botafogo voltou para a etapa final com Guilherme no lugar de Bruno Silva, que sentiu dores. O time era mais ofensivo e chegava com volume, mas o Olimpia estava bem postado defensivamente. Após escanteio, aos 7, Jonas cabeceou com perigo. Já aos 14, Rodrigo Pimpão fez boa jogada pelo meio e tocou para Roger chutar cruzado, para fora, na saída do goleiro.

Por sua vez, o Olimpia especulava contra-ataques e levava perigo algumas vezes, como um cruzamento de Ortiz e uma finalização à queima-roupa do mesmo Ortiz para grande defesa de Helton Leite, aos 18.

Quem voltou a atacar forte foi o Botafogo. João Paulo finalizou de longe para defesa do goleiro, Guilherme pediu pênalti em outro lance, Emerson Silva quase aproveitou escanteio. As melhores oportunidades vieram com Roger. Aos 33, ele recebeu de Pimpão na área, mas teve o chute travado. Aos 35, após cruzamento da direita, subiu mais que o goleiro e cabeceou por cima, quase ampliando.

Ainda teve tentativa de pressão do Olimpia, com o lance mais perigoso um chute que Jonas cortou, mas a vitória foi mesmo do Botafogo, que vai para o Paraguai com a vantagem!

GALERIA DE FOTOS (Satiro Sodré e Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

 

BOTAFOGO: Helton Leite, Jonas, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luis; Airton (Matheus Fernandes), Bruno Silva (Guilherme), Camilo e Montillo (João Paulo); Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Danilo Santos